Now Reading: Documento mal rasurado revela custo de The Last of Us Part II e a importância de Call of Duty para a Sony

Loading
svg
Open

Documento mal rasurado revela custo de The Last of Us Part II e a importância de Call of Duty para a Sony

28 de junho de 20232 min read

Você que rasurar um papel que contém dados comprometedores, e ao riscar com caneta, um brilhoso contorno de caneta permanece por cima, revelando totalmente seu conteúdo, de qualquer forma.

Foi exatamente isso que aconteceu com um dos documentos apresentados na corte, e isso acabou por revelar dados sensíveis do lado da Sony, como o custo de grandes jogos e a importância de Call of Duty para o PlayStation.

O desenvolvimento de Horizon Forbidden West custou à Sony US$212 mi, enquanto The Last of Us Part II, custou US$202 mi. Porém, não pára por aí…

Neste documento fornecido pelo chefe da SIE, Jim Ryan, à FTC, que está buscando bloquear a proposta de aquisição da Microsoft da Activision Blizzard, destacou o nível de envolvimento dos jogadores de Call of Duty nos consoles PlayStation. Parece estar escrito o seguinte:

“Em 2021, mais de [14?] milhões de usuários (por dispositivo) passaram 30% ou mais do seu tempo jogando Call of Duty, mais de 6 milhões de usuários passaram mais de 70% do seu tempo em Call of Duty, e cerca de 1 milhão de usuários passaram 100% do seu tempo de jogo em Call of Duty.

“Em 2021, os jogadores de Call of Duty passaram uma média de [116?] horas por ano jogando Call of Duty. Os jogadores de Call of Duty que gastaram mais de 70% do seu tempo em Call of Duty passaram uma média de 296 horas na franquia.”

Os valores de desenvolvimento de grandes jogos da Sony e os lucros rendidos graças a Call of Duty, juntos, parecem formar um contra-argumento na recente declaração de Jim Ryan de que não ficaria preocupado caso a franquia de FPS deixasse a plataforma PlayStation.

svg

What do you think?

Show comments / Leave a comment

Leave a reply

Loading
svg