Now Reading: Elon Musk não foi retirado de Cyberpunk. Só nunca esteve lá.

Loading
svg
Open

Elon Musk não foi retirado de Cyberpunk. Só nunca esteve lá.

25 de setembro de 20233 min read

Phantom Liberty, a DLC de Cyberpunk 2077, chega hoje (25). Com isso, o jogo base voltou a ficar sob os holofotes da indústria. Além disso, aproveitando que sua biografia foi lançada, o bilionário Elon Musk falou sobre o jogo.

Em sua biografia, ele comenta sobre a sua suposta participação em Cyberpunk 2077. Ao longo das um pouco mais de 700 páginas do livro, há exatas 3 menções ao jogo. Em uma destas, no capítulo ‘Muitos Tons de Musk’, na página 338, há o trecho que gerou polêmica internet adentro:

(…) ele apareceu no estúdio sacudindo uma arma de 200 anos e insistiu que o deixassem fazer uma ponta. “Os caras do estúdio começaram a suar”, conta Grimes. Musk acrescenta: “Eu disse a eles que estava armado, mas que não era perigoso.”

Grimes e Elon Musk, na biografia dele.

Logo em seguida ao trecho acima, Musk acrescenta “Eles cederam”, referindo-se à empresa CD Projekt Red.

Era Elon Musk mesmo?

Em resposta a um comentário no Twitter, Patrick Mills, designer sênior de quests do jogo, rebateu-o indiretamente:

“Aquele não era Elon Musk, não se parece em nada com ele. Quem inventou esse absurdo?”. Mills, pela sua posição no projeto, certamente é uma das pessoas que pode confirmar ou desmentir a fala do bilionário.

Portanto, pelo relato de Mills, que foi bastante taxativo, a história é sem noção, absurda. O NPC, portanto, não era o megaempresário da tecnologia, apesar da vontade dele.

O editor opina

Independente da participação ou não do bilionário em Cyberpunk 2077, a CDPR faz o certo ao rebater o caso. Afinal, se a empresa fosse esticar a corda, estaria perdendo a oportunidade de espaço na mídia apenas para o jogo e a DLC. Com isso, dividiria espaço com o bilionário em detrimento do próprio jogo.

Além disso, o foco da CDPR deve ser, no momento, Phantom Liberty, a DLC paga do jogo base.

Outro porém em dar destaque a Elon Musk, como sabemos, é que vez ou outra ele se envolve em polêmicas. E tudo que Cyberpunk menos precisa, principalmente depois do terrível lançamento em 2020, é entrar em novas polêmicas.

A decisão de não ter ele no jogo, e então rebater a sua suposta mentira, é acertada.

svg

What do you think?

Show comments / Leave a comment

Leave a reply

Loading
svg