Loading
svg
Open

Review: Horizon Chase 2

28 de setembro de 20238 min read

A espera acabou: depois de receber muitos pedidos dos fãs brasileiros, Horizon Chase 2 deixou a plataforma mais restritiva do mundo, repleta de barreiras. Entre os telefones que poderiam custar uma “motinho ‘daora'” e festividades por finalmente adotar um protocolo de seis anos de idade – a Apple.

No entanto, é importante destacar que Horizon Chase 2 não é um jogo que foge das características que hoje consideramos típicas de um jogo de celular. Você sabe como são: partidas projetadas pelos desenvolvedores para serem curtas e controles que nunca são complicados, embora exijam reações rápidas. No entanto, a Aquiris é mestre em criar um jogo flexível o suficiente para se encaixar em qualquer estrutura à qual seus jogos sejam submetidos. Quando somamos essas partidas curtas, obtemos um jogo rico em diversidade visual. E ainda nem começamos a falar propriamente do segundo jogo da série, pois essa característica se estende a qualquer iteração de Horizon Chase que você escolha jogar.

Os cenários de horizon Chase 2 agora são densos
Os cenários de horizon Chase 2 agora são densos

REVISITANDO

Com todo o conteúdo desenvolvido para o primeiro jogo, incluindo uma expansão substancial chamada “Senna Sempre“, o que mais uma sequência de Horizon Chase poderia oferecer de diferencial? Bem, felizmente, o primeiro jogo tinha origens técnicas modestas, o que deu à Aquiris a liberdade de se expandir em todas as direções em sua sequência. Não há a obrigação de ser impressionante logo de cara. Horizon Chase Turbo chegou aos consoles e é considerado uma referência mundial em jogos modernos de corrida com uma estética retrô.

O jogo original simulava algumas técnicas usadas nos jogos de corrida da era 16 bits, e, resumindo, às vezes a sensação era de que estávamos em um tapete rolante infinito, com um carro parado desviando lateralmente de obstáculos. Nota-se que as pistas tinham decorações leves em laterais, simulando as localizações, mas em Horizon Chase 2, agora temos um jogo onde o mundo 3D é completamente modelado. As florestas são realmente representações complexas das plantas em vista frontal, prédios possuem dimensões horizontais e verticais, e assim por diante. Agora, a sensação é de que seu carro está realmente perseguindo o horizonte, e não o contrário.

LOCALIZANDO

É necessário uma carga imensa de criatividade para modelar cada pista, já que a decisão, como mencionado anteriormente, é dividir a jogabilidade em dezenas de locais diferentes em cada país escolhido. Começamos a carreira principal nos Estados Unidos, e a diversidade de biomas desse território é representada de maneira autêntica. O jogo simula frequentemente a transição do dia para a noite (e vice-versa), além de apresentar mais chuvas, tempestades de neve e de areia. Também temos as transições entre condições climáticas mais claras e caóticas. Nesse contexto, o jogo se destaca por suas cores vibrantes e bem escolhidas, tornando-o um lugar muito agradável de se estar. Estamos falando aqui desde seus menus práticos até as ruas simuladas, como a Avenida Paulista, conseguindo transmitir uma vibe muito próxima da realidade, mesmo que não tenha a intenção de representar as coisas de forma fotorrealista.

A grande diversão em Horizon Chase 2 é fazer 100% de subir no leaderboard
A grande diversão em Horizon Chase 2 é fazer 100% de subir no leaderboard

SOBRE AS MECÂNICAS

Assim como no jogo anterior, continuamos com carros fictícios, sem marcas, e seus atributos são fáceis de entender. Isso torna a compra de melhorias uma experiência tranquila, sem deixar o jogador em dúvida. O sistema de progressão no modo carreira ainda é semelhante, mas sinto falta da emoção de descobrir pistas secretas em cada país. Em vez disso, temos uma pista extra disponível em cada país desde o início. Isso ocasiona num oferecimento de corridas contra o tempo em vez de competições com outros carros.

Ao longo do percurso, você pode coletar relógios para adicionar segundos ao cronômetro e ajudar a completar a corrida frenética. Geralmente, essa tarefa é tranquila, pois, como as icônicas medalhas azuis da série, todos os itens que podem ser coletados nas ruas são bem visíveis no horizonte. Eles estão estrategicamente posicionados para evitar pontos cegos, tornando a tarefa de coletá-los 100% no jogo suave e divertida.

Também foi removida a mecânica de coletar combustível, presente no jogo anterior. Agora, todos os carros podem concluir qualquer corrida, independentemente da duração, sem a necessidade de coletar combustível pelas ruas. Essa mudança pode desapontar alguns jogadores que preferem desafios mais intensos. Os desenvolvedores optaram por se concentrar apenas nas moedas azuis e na competição pelos melhores tempos nos placares de líderes.

Além disso, há outros modos que combinam as pistas da campanha e criam mini-campanhas fragmentadas, semelhantes às campanhas de Mario Kart. Além disso, existem conjuntos de corridas organizadas por temporadas, mas você perceberá que são as mesmas corridas da campanha, e não são poucas.

Fique tranquilo, o Brasil ainda está no mapa de Horizon Chase 2.
Fique tranquilo, o Brasil ainda está no mapa de Horizon Chase 2.

FRAGMENTADO E DOCE

A mudança para o estilo 3D tornou as corridas mais orgânicas, o que teria sido uma ótima oportunidade para incluir carros fantasmas que representassem os recordes de outros jogadores ou até mesmo seus próprios recordes. Porém, essa função não está presente no jogo, o que é uma ausência notável.

No que diz respeito à trilha sonora, o lendário Barry Leitch está de volta com suas melodias sintetizadas. Desta vez ele incorporou mais instrumentos orgânicos na mistura, criando uma atmosfera animada e envolvente. Como o jogo apresenta muitas pistas, você terá a chance de ouvir várias composições diferentes.

Horizon Chase 2 é um verdadeiro prazer de jogo, direto ao ponto, e é possível concluir o modo carreira em uma única tarde. Contudo Horizon Chase 2 oferece conteúdo adicional para que você possa continuar jogando, especialmente se novas expansões forem lançadas.

Correr neste jogo ainda é uma experiência simplificada, com pouca necessidade de frear; na maioria das vezes, basta aliviar o acelerador para enfrentar curvas mais acentuadas. Todas as curvas são suaves, e não há um sistema de derrapagem, tudo isso para atender aos jogadores que desejam reviver a experiência dos consoles antigos.

Duas, três ou cinco voltas, sem combustível para gerenciar, e é isso.
Duas, três ou cinco voltas, sem combustível para gerenciar, e é isso.
svg

What do you think?

Show comments / Leave a comment

Leave a reply

Loading
svg